Concursos Literários – Entenda qual é o melhor para você
Categoria: Concursos Literários · Novidades
Postado por Daniel Cousland em 13 de fevereiro de 2017 às 23:25 |


Seja para escritores iniciantes ou já bem estabelecidos,  participar e vencer concursos literários podem possibilitar várias coisas: satisfação em ter sua obra valorizada e reconhecida, publicidade do seu trabalho, recompensas monetárias, publicações de livros, contratos com editoras, oportunidades de aprendizado e muito mais.

Neste post irei destacar alguns dos principais concursos literários, realizados anualmente, que você pode participar, detalhando informações a seu respeito – como seus objetivos e o que esperar de seus editais, incluindo requerimentos, premiações e como participar.

Foto de uma lupa e uma caneta sobre um livro, ao fundo um globo terrestre e um pedaço de lamparina. A imagem ilustra o texto Concursos Literários - entenda qual é o melhor para você.

Concursos literários possuem papel fundamental na descoberta e promoção de talentos, sejam eles voltados a mercados regionais, nacionais ou lusitanos (abrangendo todos participantes que escrevam na língua portuguesa, independente de nacionalidade).

Além de ter uma função importantíssima ao estimular a cultura, a arte e a escrita, muitos deles são caminhos que permitem que escritores vivam seus sonhos, que lhes abrem as portas para que suas palavras alcancem mais pessoas, sensibilizem mais mentes, compartilhem ideias e histórias de vida.

Para apresentar alguns desses concursos literários, focaremos em duas categorias de premiações:

● obras não publicadas (que continuam guardadas nas pastas de seu computador, sem ter visto a luz do dia), e

● obras já publicadas (aquelas que já podem ser lidas pelo público).

Caso você conheça outros concursos literários que considere importantes e não tenham aparecido nessa lista, podem nos falar nos comentários ou através de nosso e-mail, que iremos analisar e incluir aqui!

Ao final do texto irei comentar sobre o que esperar ao participar de um deles, tanto da avaliação quanto da expectativa dos resultados.

Mas antes,

QUAL O CONCURSO CERTO PARA MIM?

Todos os concursos literários possuem suas particularidades, e na hora da escolha de qual iremos participar devemos levá-las em conta.

Primeiro devemos pensar no público do concurso: alguns são direcionados a autores e obras inéditas, ainda desconhecidos do grande público e que podem não ter sido publicados até o momento. Outros já são voltados a escritores com maior experiência e reconhecimento no mercado.

Deve-se questionar seus objetivos como autor, o que você almeja em retorno à sua participação: os valores monetários que alguns oferecem, contratos com editora, publicidade etc. Cada concurso pode satisfazê-los em níveis diferentes: alguns não oferecem nenhum valor em dinheiro como prêmio, outros já oferecem quantias enormes, como 100 mil euros. Mas todos têm sua importância e impacto na carreira de um escritor premiado.

Independente do concurso escolhido, é fundamental que o participante leia atentamente seu edital, os direitos que o concurso terá sobre o uso de sua obra e refletir se esses fatores estão de acordo com seus princípios de criador.

VALE ACRESCENTAR:

O pseudônimo, requisito da grande maioria dos concursos literários, deve sempre diferir do nome próprio ou artístico do autor. Ele não pode possibilitar, sob nenhuma hipótese, a identificação do autor na obra, sob pena de desclassificação. Aconselha-se também que, a medida que você comece a participar de diversos concursos literários, se utilize diferentes pseudônimos, evitando reconhecimentos entre premiações diferentes.

Abaixo elencamos as principais características e requerimentos de concursos que você pode participar.

 

CONCURSOS LITERÁRIOS PARA OBRAS NÃO PUBLICADAS

 

Prêmio Sesc de Literatura

Com objetivos de revelar novos talentos e promover a literatura nacional, o Sesc lançou seu concurso em 2003, identificando escritores inéditos cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional.

Os livros premiados são das categorias ROMANCE e CONTOS, destinados ao público adulto e escritos na língua portuguesa. Por romance se entende uma narrativa ficcional longa e por contos um conjunto de narrativas ficcionais curtas.

Última edição: 13ª (2017 – inscrições abertas até dia 17 de fevereiro).

Período de inscrição anual previsto: primeira dezena de janeiro até segunda de fevereiro.

As recompensas dos vencedores do prêmio:

● Obra publicada e distribuída comercialmente pela editora Record, com tiragem mínima inicial de 2 mil exemplares;

● O Sesc adquirirá um mínimo de mil exemplares da primeira edição da obra vencedora, para utilização em ações culturais e inserção no acervo das bibliotecas da instituição;

● O autor poderá participar de lançamentos da obra em eventos culturais promovidos pelo Sesc, com custos de locomoção, alimentação e estadia já pagos.

Como participar?

● O(a) candidato(a) deve residir no Brasil, podendo ser brasileiro ou estrangeiro;

● O(a) candidato(a) deverá enviar um livro inédito, nunca antes publicado (nem mesmo online);

● O(a) candidato(a) não pode ter nenhum livro publicado na categoria em que se inscrever (ex: caso você tenha um romance publicado poderá participar apenas na categoria de contos);

● Deve ser feita inscrição online, conforme formulário neste link;

● O(a) candidato(a) poderá participar com apenas uma obra em cada categoria;

● Arquivo formato .docx (Word 2007 em diante), fonte Times New Roman 12, estilo normal, cor preta, parágrafo de alinhamento justificado, espaço entrelinhas duplo, todas as margens 2,5. A obra deverá ser apenas texto, sem imagens, gráficos, rodapés, numerações etc.

● Na primeira página deverá constar TÍTULO DA OBRA e PSEUDÔNIMO. O nome do arquivo será apenas o título da obra;

● ROMANCE – deverá ter de 180 mil a 600 mil caracteres;

● CONTOS – entre 140 mil a 400 mil caracteres;

● Inscrições deverão ser feitas até data limite no edital;

● Inscrição gratuita.

 

Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura

Com finalidade de promover e divulgar a literatura mineira e brasileira no país e exterior, incentivar escritores iniciantes ou profissionais e estimular a produção literária mineira, este prêmio recompensa autores em quatro categorias, sendo três abertas para inscrições: POESIA, FICÇÃO (Romance), e JOVEM ESCRITOR MINEIRO.

A categoria fechada, escolhida por comissão, é um prêmio que homenageia um(a) autor(a) vivo(a) e brasileiro(a) que, pelo conjunto da obra, tenha contribuído de forma significativa para divulgação da literatura brasileira no país e internacionalmente.

As premiações das demais categorias são de 30 mil para POESIA e FICÇÃO, enquanto JOVEM ESCRITOR MINEIRO recebe um total de 48 mil, parcelados em seis meses, para pesquisa e elaboração de um livro.

Última edição: 9ª (2016).

Período de inscrição anual previsto: de março até final de abril.

Como participar?

● O(a) autor(a) deve ser brasileiro(a), nato(a) ou naturalizado(a), com residência no Brasil e maior de 18 anos; na categoria JOVEM ESCRITOR MINEIRO o(a) candidato(a) deve ter de 18 a 25 anos e morar no estado de Minas Gerais há pelo menos cinco anos;

● As obras submetidas devem ser inéditas, sem publicação prévia, seja impressa ou virtual;

● As obras devem ser redigidas em língua portuguesa, com páginas numeradas, impressas em papel A4, fonte Times New Roman tamanho 12, espaço 1,5, devidamente encadernadas, com primeira página (contendo apenas obra, pseudônimo e categoria a que concorre);

● POESIA deve ter de 25 a 50 páginas; FICÇÃO um mínimo de 100; JOVEM ESCRITOR MINEIRO mínimo de 10 e máximo de 20;

● Cada participante poderá inscrever apenas uma obra por categoria;

● As inscrições devem ser enviadas em um envelope fechado, o qual deverá ser entregue ao endereço presente no edital, em mãos ou via correio.

● O envelope deve possuir indicação externa de categoria da obra e conter os seguintes itens:

● Para candidatos de FICÇÃO ou POESIA:

▪ formulário de identificação e recibo preenchidos e impressos, disponíveis no site www.cultura.mg.gov.br, sendo duas vias do recibo, devidamente preenchido, datado e assinado;

▪ cópia simples e legível do documento de Identidade e do CPF;

▪ cópia simples e legível de comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone) emitido nos três meses que antecedem à data da inscrição;

▪ 4 vias da obra inscrita;

● Para candidatos de JOVEM ESCRITOR MINEIRO:

▪ formulário de identificação e recibo preenchidos e impressos, disponíveis no site www.cultura.mg.gov.br, sendo duas vias do recibo, devidamente preenchido, datado e assinado;

▪ cópia simples e legível do documento de Identidade e do CPF;

▪ caso o participante seja proponente natural de Minas Gerais, cópia simples e legível de comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone) emitida nos três meses que antecedem à data de inscrição;

▪ não sendo natural do local, deve comprovar residência ininterrupta por ao menos cinco anos, com comprovantes referentes à cada um deles (ex: 2016, 2015, 2014, 2013 e 2012);

▪ 4 vias do formulário de identificação e inscrição contendo: nome da obra, justificativa, objetivos, cronograma detalhado da elaboração da obra durante 6 meses (a contar da data da premiação), conforme modelo disponível no site www.cultura.mg.gov.br;

▪ 4 vias da proposta da obra inscrita, ainda que não seja definitiva;

 

Prêmio LeYa

Criado em 2008, procura distinguir um romance inédito escrito em português, premiando o vencedor com 100 mil euros, um dos maiores valores em concursos literários da língua. A edição da obra é feita pela editora LeYa, bem como a posterior distribuição em países de língua portuguesa.

Última Edição: 10ª (2017 – ocorrendo).

Período de inscrição anual previsto: início de janeiro até final de abril.

Como participar?

As obras concorrentes devem:

● Ser inéditas e enviadas em duas cópias de papel A4 para o endereço citado no Artigo 4 do edital, acompanhadas de gravação digital em CD ou PEN;

● Assinadas com pseudônimo do autor;

●Ter no mínimo 200 mil caracteres, com tipo de letra e entrelinha que facilitem a leitura dos membros do Júri;

● Ser acompanhadas de envelope fechado, identificado com título da obra e pseudônimo, contendo declarações referente aos seus dados pessoais (identificação, endereços, contatos), declaração de originalidade e ineditismo da obra, declaração de titularidade dos direitos da obra, e declaração de desconhecimento de ações de terceiros em relação aos direitos da obra (especificidades expostas neste link, Artigo 5 seção C);

● Não pode ter sido apresentada a outros concursos literários com decisão pendente.

Obs: Em 2010 e 2016 o júri deliberou por não atribuir o prêmio, alegando, na primeira instância, que as obras foram prejudicadas por limitações na composição narrativa e por fragilidades estilísticas, e, na segunda, não terem alcançado a qualidade exigida pelo júri.

 

Concurso Literário Mário Quintana

Objetivando despertar talentos literários, promover a literatura e homenagear o poeta Mario Quintana, o Sintrajufe/RS realiza esse concurso anualmente, já em sua 12ª edição.

São premiados textos inéditos, de temática livre, nas categorias CONTO, CRÔNICA e POESIA, sendo que os concorrentes podem participar com até um texto em cada categoria. É aberto para todos os cidadãos brasileiros maiores de 18 anos em duas modalidades: regional (autores domiciliados no Rio Grande do Sul) e nacional (demais estados e residentes internacionais).

Os três primeiros lugares de cada categoria recebem troféus e 20 exemplares da antologia publicada, sem fins lucrativos, com os textos vencedores. Além disso, há um coquetel de premiação no segundo semestre do ano e provável sessão de autógrafos na Feira do Livro de Porto Alegre.

Última edição: 12ª (2016).

Período de inscrição anual previsto: metade de maio até metade de julho.

Como participar?

● Produção de CONTO, CRÔNICA ou POESIA inédita;

● Candidato deve ser maior de 18 anos e ser um cidadão brasileiro;

● Envio de envelope grande, tamanho A4 ou Ofício, identificado com pseudônimo, categoria literária e modalidade de inscrição (regional ou nacional);

● Esse envelope deverá conter: 3 cópias em papel do texto submetido, uma cópia em CD-R, e um envelope lacrado com dados de identificação, endereço e contato, conforme edital, Item 8. Todas as cópias devem estar identificadas com o pseudônimo do autor;

● CRÔNICAS e POESIAS devem ter no máximo uma página, e CONTOS devem ter duas, em fonte Arial 12, folha tamanho A4, com Pseudônimo no alto da primeira página de cada texto;

● É obrigatório o uso de pseudônimo composto por no mínimo dois nomes;

● O envelope grande deve ser entregue no endereço citado no edital, tem 10, em mãos ou por correio.

 

PRÊMIO LITERÁRIO UCCLA – Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa

Considerado um dos prêmios com maior número de participantes da língua (um total de 865 obras na primeira e mais recente edição), o concurso objetiva o estímulo à produção de obras literárias nas categorias ROMANCE, NOVELA, CONTO e POESIA por novos escritores.

Todas as categorias são julgadas para um único prêmio, no qual o vencedor terá sua obra editada e publicada pelas entidades promotoras. Observa-se também que todas as inscrições designadas com menções honrosas também serão editadas e publicadas. Além disso, o vencedor será convidado a participar no Encontro de Escritores de Língua Portuguesa (EELP), realizado anualmente, na respectiva edição que vencer e com suas despesas de deslocamento e alojamento pagas.

Essa é uma iniciativa conjunta da UCCLA, Editora A Bela e o Monstro e Movimento 2014, com apoio da Câmara Municipal de Lisboa, aberto para todas as nacionalidades.

Última edição: 2ª (2017 – ocorrendo).

Período de inscrição anual previsto: julho do ano anterior até final de janeiro (obs: houve prorrogações para final de março em suas duas edições).

Como participar?

● Os candidatos devem ser maiores de 16 anos e fluentes em língua portuguesa, independente da nacionalidade;

● As obras devem ser enviadas por e-mail (premioucclasegundaedicao@gmail.com), com os seguintes itens: (1) a obra; (2) declaração de conformidade; (3) cópia de documento de identificação do autor;

● A obra deve ser original e inédita, em língua portuguesa, não editada, não mencionada ou premiada previamente, também não podendo estar pendente de decisão em outro concurso;

● O(a) candidato(a) não poderá possuir outras obras editadas;

● Só é permitida a submissão de uma obra para avaliação, por autor;

● Arquivo no formato Word, fonte Times New Roman tamanho 12;

● Para ROMANCE, NOVELA e CONTO: espaçamento 1,5, margens superiores e inferiores 2,5 cm, margem esquerda 4cm e direita 3cm;

● Para POESIA: formatação fica a critério do autor, visando melhor leitura/exposição da escrita;

● Como o objetivo é a publicação da obra, as mesmas devem ter entre 50 e 400 páginas, independente de categoria;

● Não deve haver menção do nome/pseudônimo do autor no arquivo. Essa informação estarará presente na Declaração de conformidade (vide Artigo 4 Item 6 e Anexo 1);

 

CONCURSOS LITERÁRIOS PARA OBRAS JÁ PUBLICADAS

 

Prêmio Jabuti

Considerado o maior prêmio de livro no Brasil, o Jabuti foi criado em 1958 e atualmente contempla 27 categorias diferentes, que abrangem o processo de criação de um livro, desde seu conteúdo, ficcional ou não, até capa, ilustração e projeto gráfico.

Além dos 27 prêmios para cada categoria, os quais recebem um Troféu Jabuti e R$ 3.500,00 cada, ainda existem dois prêmios principais: Livro do Ano de Ficção e Livro do Ano de Não-Ficção. Seus vencedores ganham o Troféu Jabuti dourado e R$ 35.000,00 cada.

Entre as categorias de ficção estão: adaptação, conto e crônica, infantil, juvenil, poesia e romance. Já as de não-ficção vão de biografias, reportagens e documentários, teoria / crítica literária, à temáticas científicas, didáticos ou sociais como psicologia, meio ambiente, direito etc. A lista completa você confere aqui.

Última edição: 58ª (2016).

Período de inscrição anual previsto: de janeiro até metade de julho.

Como participar?

● O(a) autor(a) deve ser brasileiro(a), nato(a) ou naturalizado(a), com residência permanente no Brasil;

● Sua obra deve ser inédita e ter sido publicada* entre 1 de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior (por ex: Prêmio Jabuti de 2016 premia livros publicados em 2015);

● As obras devem ser inscritas até data informada no edital em uma das 27 categorias, preenchendo formulário completo neste link;

● Pagamento de taxa de inscrição por boleto bancário (entre R$ 270 e R$ 410 para obras individuais, dependendo se associado à CBL – Câmara Brasileira do Livro – ou associações semelhantes);

● Envio de 5 exemplares do título inscrito, com cópia da inscrição e boleto pago, para o endereço presente no edital;

*Considera-se livro obra intelectual impressa e publicada, com ISBN e ficha catalográfica impressos no livro. Maiores informações na Lei do Livro (neste link, Capítulo II, Artigo 6).

 

Prêmio Oceanos

Com objetivo de realizar um intercâmbio literário no âmbito da língua portuguesa, o Prêmio Oceanos, com a parceria do Itaú Cultural, premia as melhores obras de escritores lusófonos publicadas no Brasil no ano anterior.

Ao todo são premiados quatro livros que podem pertencer a qualquer uma dessas cinco categorias: ROMANCE, POESIA, CONTO, CRÔNICA e DRAMATURGIA.

O somatório de valores distribuídos é de 230 mil, sendo 100 mil ao vencedor, 60 mil ao 2º colocado, 40 mil ao 3º e 30 mil ao 4º.

Última edição: 2ª (2016).

Período de inscrição anual previsto: segunda dezena de maio até início de julho.

Como participar?

● As obras submetidas devem ter sido escritas originalmente em português, tendo sido publicadas em versão impressa ou digital entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior (ex: na edição de 2016 foram avaliados os livros publicados em 2015), com registro de ISBN emitido por órgão brasileiro;

● Não são aceitas inscrições de livros infantis e juvenis, biografias, livros de ensaios e nos demais gêneros não ficcionais;

● Serão desclassificados os livros que possuírem quantidades substanciais de conteúdo já publicado em outras obras do autor;

● É permitido o envio de mais de uma obra por autor;

● A inscrição é gratuita e deve ser efetivada pelo autor ou editor, independente de nacionalidade, via formulário online disponível no site do concurso literário;

● Envio, como anexo, do livro em formato digital e-Pub, mesmo se publicado originalmente apenas em versão impressa (caso o inscrito esteja impossibilitado de enviar nesse formato é aberta a exceção para envio de PDF, com complemento possível de versões .doc ou .rtf. Nesse caso a obra será convertida por e-Pub pelo Oceanos);

● Os arquivos devem conter: capa, página de rosto e/ou página de copyright com ano de publicação da primeira edição, ficha catalográfica (se existir), colofão (se existir) e número de ISBN;

● No preenchimento da inscrição está inclusa autorização para realização de cópia e remessa do(s) livro(s) inscrito(s) no formato e-Pub, para uso dos jurados via e-reader Kobo;

● O autor deve estar vivo no momento da inscrição, porém poderá haver premiação in memoriam caso ocorra falecimento durante o processo de avaliação das obras.

 

Prêmio São Paulo de Literatura

Objetivando o estímulo à produção e divulgação literária brasileira, o concurso seleciona anualmente os melhores livros de ficção no gênero romance, escritos em português e originalmente editados e publicados no Brasil. Foi implementado pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo em 2008.

São premiados três vencedores em categorias distintas, nos seguintes valores:

● Melhor Livro do Ano – Autores Não Estreantes; Prêmio de 200 mil reais;

● Melhor Livro do Ano – Autores Estreantes com até 40 anos de idade; Prêmio de 100 mil reais;

● Melhor Livro do Ano – Autores Estreantes com mais de 40 anos de idade; Prêmio de 100 mil reais;

Última edição: 9ª (2016).

Período de inscrição anual previsto: final de março até primeira dezena de maio.

Como participar?

● A obra submetida deve ser do gênero romance de ficção, escrita originalmente em português, com primeira edição e comercialização obrigatória no Brasil no período entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior (ex: na edição de 2016 foram avaliados os livros publicados em 2015), em formato impresso;

● Cada obra concorrerá a um único prêmio;

● É permitida participação de obras feitas em coautoria;

● Não é admitida obra cujo conteúdo, mesmo que parcial, tenha sido publicada em meio impresso ou virtual fora do período determinado de publicações válidas (ano anterior);

● Inscrições gratuitas e abertas a autores e editoras brasileiras;

● Autores estreantes com idades próximas a 40 devem levar em conta o período de publicação das obras permitidas no concurso (ex: 31/12/2015) ao informarem a qual categoria pertencem (menos de 40 ou mais de 40);

● Os autores da categoria de autores estreantes não podem possuir obra de ficção no gênero romance publicada previamente;

● Inscrições devem ser enviadas em mãos ou via correio, em única embalagem lacrada (envelope, caixa ou pacote), com identificação “CONCURSO: PRÊMIO SÃO PAULO DE LITERATURA 201X”;

● Deve conter os seguintes itens: (1) ficha de inscrição (conforme Anexo 1); (2) cópia simples de documento de identidade; (3) cópia simples de CPF ou documento que o contenha; (4) se autor estreante, enviar Anexo 3, declarando ser seu primeiro romance; (5) 13 exemplares da obra (livro editado);

● Em caso de inscrição feita por procurador, seguir seção IV Item f do edital;

● Em caso de autor ser menor, seguir seção IV item e do edital;

● As orientações para inscrições feitas por editoras exigem outros documentos, conforme Item 4.1.2.

 

Seria impossível falar de todos os concursos literários disponíveis em um texto só, mas, caso você tenha interesse em descobrir mais deles, indicamos o site www.concursos-literarios.blogspot.com.br. Nele você encontra listas de concursos literários com inscrições abertas, atualizados frequentemente, com filtros por mês e ano, sendo uma ótima fonte de descoberta de novas oportunidades.

 

VOU PARTICIPAR DE UM CONCURSO. E AGORA?

 

Concursos literários são competições. Às vezes se perde, outras se ganha. Muitos autores bem sucedidos e cheios de fãs comentam o quanto já foram rejeitados anteriormente, seja por editoras ou em concursos. Mas também existem aqueles que falam que, depois de várias tentativas, foram premiados e obtiveram um grande impulso em suas carreiras.

Sabendo disso o mais aconselhável é entrar em um concurso com uma atitude positiva, de crescimento e aprendizado. Cada um deles é uma nova experiência, um novo conhecimento com todo o esforço que foi feito na elaboração de sua obra, na leitura dos vencedores e possíveis interações com outros autores.

Ser escritor não é fácil, é um caminho árduo e que muitas vezes não paga as contas. Há muita concorrência e as avaliações são subjetivas – quantas vezes uma obra foi eliminada em um prêmio para em seguida ganhar outro? Perder não significa que seu texto é ruim, talvez apenas que aquele não foi o seu momento. É frustrante, mas não é um fim. Independente dos resultados das avaliações, quem pode ter a maior certeza da qualidade de sua obra é você. Não se permita desistir pelas opiniões de terceiros, busque sua própria motivação e confiança no seu trabalho, e insista. É com esforço evolução que podemos alcançar cada vez mais.

Concursos literários não são a única maneira de alcançar sucesso, então não se apegue aos mesmos, analise suas possibilidades e faça o que é melhor para você – quem sabe iniciar um blog, ter sua própria página, submeter textos à editoras ou se autopublicar? Ou umas férias de concursos, para uma grande vitória depois?

A competição é difícil, às vezes são centenas ou milhares de escritores, mas é exatamente por serem tão procurados que seus resultados são um caminho tão bom, como pulos que mostram seu trabalho ao mundo, lhe dão reconhecimento, relevância e viabilizam sua carreira.

E você, já participou de concursos literários? Compartilhe sua experiência, conte pra gente como foi!


Concursos Literários · Novidades
 
Fundador e editor do Boas Histórias, escritor e também o resultado dissociativo de si, pulando de telhado em telhado entre prosa, poesia, romances, tragédias, absurdos, realidade e fantasia. Persegue beleza e graça no uso das palavras, degustando ritmos urgentes e a leveza do ponderar. Resumo da obra: muito apaixonado por todo tipo de história.




There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




 
BOAS HISTÓRIAS - Todos os direitos reservados 2017
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com